Biblioteca Digital da UEM: Sistema Nou-Rau
Pgina Principal  Portugus   English  Español   Aumentar Texto  Texto Normal  Diminuir Texto
  Principal | Apresentao | Objetivos | Instrues Autores | Estatsticas | Outras Bibliotecas Digitais
  Sistema Integrado de Bibliotecas - SIB / UEM
Entrar | acessos | verso 1.1  
ndice
Pgina principal
Documentos
Novidades
Usurios

Aes
Consultar
Procurar
Exibir estatsticas

Procurar por:
Procura avanada

Dvidas e sugestes


Consultar: Artigo

Incio > Produo Cientfica do Nuplia/PEA > Artigo

Ttulo: Biodiversidade e conservao de peixes na plancie de inundao do alto rio Paran
Autor(es): PELICICE, F.M.; AGOSTINHO, A.A.; GOMES, L.C.
Palavras-chave [PT]:

Biodiversidade. Peixes. Conservao. Plancie de inundao. Paran, Rio, Bacia. Brasil.
Palavras-chave [EN]:
Biodiversity. Fishes management. Floodplain. Upper Paran River. Brazil.
Resumo:
Resumo: A plancie de inundao do Alto rio Paran o ltimo trecho remanescente com caractersticas lticas do Alto Paran, uma vez que o restante da bacia encontra-se sob intensa influncia de represamentos. Esta plancie fundamental para a manuteno da biodiversidade da regio, em funo de sua elevada heterogeneidade de ambientes e habitats. Seu funcionamento garantido por um pulso de inundao sazonal, responsvel pela dinmica de nutrientes, energia e distribuio da biota. Com relao fauna de peixes, a plancie apresenta mais de 150 espcies. Estes peixes se distribuem de maneira irregular pelos rios, canais e lagoas, de acordo com as caractersticas biticas e abiticas. Para completar etapas do ciclo de vida, inmeras espcies sedentrias e migradoras necessitam, em diferente grau, de ambientes especficos da plancie e da ocorrncia do pulso de inundao. Por exemplo, lagoas marginais so ambientes cruciais para o desenvolvimento inicial de jovens de espcies migradoras, e o acesso a estes ambientes depende da cheia. Porm, a construo de reservatrios montante vem controlando dramaticamente a vazo do rio Paran, e atualmente, a ausncia de pulsos pode se estender por anos seguidos. Os efeitos negativos impostos biota podem ser severos, incluindo a perda de habitats, biodiversidade e dos recursos aquticos explorados na regio da plancie. Caso as tendncias atuais persistam, com ausncia das cheias por anos consecutivos, existe o risco de que as populaes de peixes migradores, importantes na pesca artesanal e recreativa da regio apresentem restries ao recrutamento e desapaream com o tempo.
Descrio:
PELICICE, Fernando Mayer; AGOSTINHO, Angelo Antonio; GOMES, Luiz Carlos. Biodiversidade e conservao de peixes na plancie de inundao do alto rio Paran. Cadernos da Biodiversidade, Curitiba, v.5, n.1, p.34-44, 2005.
Cdigo: 227

Responsavel: admin
Categoria: Aplicao
Formato: Documento PDF
Arquivo: 166-Biodiversidade-IAP-Pelicice.pdf
Tamanho: 5832 Kb (5971945 bytes)
Criado: 28-04-2008 18:34
Atualizado: 24-06-2008 15:50
Visitas: 2224
Downloads: 269

[Visualizar]  [Download]

Todo material disponvel neste sistema de propriedade e responsabilidade de seus autores.