Biblioteca Digital da UEM: Sistema Nou-Rau
Pgina Principal  Portugus   English  Español   Aumentar Texto  Texto Normal  Diminuir Texto
  Principal | Apresentao | Objetivos | Instrues Autores | Estatsticas | Outras Bibliotecas Digitais
  Sistema Integrado de Bibliotecas - SIB / UEM
Entrar | acessos | verso 1.1  
ndice
Pgina principal
Documentos
Novidades
Usurios

Aes
Consultar
Procurar
Exibir estatsticas

Procurar por:
Procura avanada

Dvidas e sugestes


Consultar: Programa de Ps-Graduao em Filosofia

Incio > Dissertaes e Teses > Cincias Humanas > Filosofia > Programa de Ps-Graduao em Filosofia

Ttulo [PT]: A origem das duas cidades em Agostinho : da criao vida feliz
Autor(es): Fernanda Elena Tenrio Altvater
Palavras-chave [PT]:

Filosofia escolstica. Vida feliz. Natureza. Cidade. Agostinho, Santo. Bispo de Hipona. Brasil.
Palavras-chave [EN]:
Happiness life. Nature. City. Brazil.
Titulao: Mestre em Filosofia
Banca:
Jos Antnio Martins [Orientador] - UEM
Marcio Damin Custodio - UNICAMP
Vladimir Chaves dos Santos - UEM
Resumo:
Resumo: Esta dissertao tem como objetivo analisar a vida nas duas cidades, propostas por Agostinho em A Cidade de Deus, obra que a princpio foi escrita para refutar as acusaes dirigidas aos cristos no tocante queda do Imprio Romano, mas, que na realidade, fundamenta alguns dos mais importantes princpios do cristianismo. No Livro XIX da referida obra, o autor dir que a vida feliz, tida como o principal objetivo dos seres humanos, no se encontrar neste mundo, exatamente porque se est cercado pela corruptibilidade e pela morte. Os homens que amam a si mesmos e aos bens da vida temporal, habitam a cidade terrestre, enquanto que os que amam a Deus so parte da cidade celeste. Aspectos antropolgicos como a finitude e a corrupo da natureza humana, levam afirmao de que somente a esperana da vida eterna que sustenta o convvio entre estes dois grupos de homens que so parte da histria. por guardarem a esperana na vida feliz que os homens sustentam algum equilbrio, em meio ao pecado e a natureza viciada que herdaram de Ado. Esta naturezaimpede os homens de governarem a si mesmos e torna legtima a coero, sem oferecer contudo, condies para que o homem se considere detentor de um completo equilbrio, ou de uma completa ordem, que s achar na eternidade.

Abstract: This dissertation aims to analize on life in both cities proposed by Augustine in The City of God, a work that was originally written to refute the accusations directed on Christians regarding the fall of the Roman Empire. In fact, the work underlies some of the most important principles of Christianity. Men who love themselves and the goods of temporal life, Inhabit the "terrestrial city, while those who love God are part of the heavenly city. Anthropological aspects such as the finitude and corruption of human nature, lead to the assertion that only the hope of eternal life sustains the conviviality between these two groups of men who are a part of history. It is because they hold hope in the happy life that men sustain some balance, in the midst of sin and the vicious nature they inherited from Adam. This nature prevents men from governing themselves and turning coercion legitimate, however, without offering conditions for man to consider himself to be the possessor of a complete equilibrium, or of a complete order, which he will find only in eternity.
Data da defesa: 17/02/2017
Cdigo: vtls000225619
Informaes adicionais:
Idioma: Portugus
Data de Publicao: 2017
Local de Publicao: Maring, PR
Orientador: Prof. Dr. Jos Antnio Martins
Instituio: Universidade Estadual de Maring . Centro de Cincias Humanas, Letras e Artes . Programa de Ps-Graduao em Filosofia
Nvel: Dissertao (mestrado em Filosofia)
UEM: Departamento de Filosofia

Responsavel: edson
Categoria: Aplicao
Formato: Documento PDF
Arquivo: Dissertao (Verso Final). Fernanda Elena T. Altvater.pdf
Tamanho: 915 Kb (936885 bytes)
Criado: 18-05-2017 20:33
Atualizado: 18-05-2017 20:38
Visitas: 301
Downloads: 10

[Visualizar]  [Download]

Todo material disponvel neste sistema de propriedade e responsabilidade de seus autores.